aiiiii, pessoal? Beleza?! Uma resenha direto do formo para vocêêêêês!!


TÍTULO: O Teorema Katherine
TÍTULO ORIGINAL: An Abundance Of Katherines
AUTOR(A): John Green
EDITORA: Intrínseca
PÁGINAS: 302

SINOPSE:

Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada.  Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.  Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.




RESENHA:

Colin é um garoto muito inteligente, mas que ainda não evoluiu de prodígio à gênio. Então, logo após levar o fora de sua décima nona namorada chamada Katherine (Colin só namora garotas de nome Katherine), ele e seu amigo, Hassan, decidem dar uma folga da vida dura na cidade grande e sair por aí, num carro que eles chamam de Rabecão do Satã, sem rumo nem destino, para Colin conseguir retirar Katherine XIX da cabeça. Durante a viagem, Colin para o Rabecão para ver o túmulo do Arquiduque Francisco Ferdinando e acaba conhecendo Gutshot, uma pequena cidadezinha de interior. Ele também conhece Lindsey, uma garota caipira e filha da dona do mercado, que se encontra perto do túmulo do Arquiduque. Ao visitar o túmulo, Colin tem seu momento "eureca" e planeja algo que, na sua concepção, o tornará um gênio reconhecido pela humanidade.


"Eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu. (...) Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem."


Muita gente fala tããão mal desse livro que nem tinha vontade de ler, nem pensava em comprar, mas aí ganhei um sorteio no Instagram e o prêmio era esse livro que... eu gostei.
Assim... eu não amei nem odiei o livro, eu apenas gostei, pois é, ao mesmo tempo, uma história legal e ruim de se ler. Legal porque o enredo é ótimo, a escrita do John Green é legal e os personagens muito legais. Mas também é ruim por conter muita matemática (e eu odeio matemática) e isso pode tornar algumas partes do livro muito maçantes e díficeis de ler (pelo menos para mim). Creio eu que se o John Green tivesse enxugado parte dessa matemática, o livro seria, no máximo, 4,5 estrelas.
O livro em si é tem partes e personagens bem engraçados, principalmente o Hassan, Lindsey e a mãe da Lindsey (que o nome não me vem à memória agora).
Uma das coisas legais que o John colocou foram as notas de rodapé, que explicam bastante coisa do enredo, como alguns assuntos matemáticos, explicam relatos sobre a vida do Colin e do Hassan, e outras coisas.
Outra coisa legal foi a paixão de Colin por anagramas. Eu, particularmente, não gosto muito, mas adoro tentar resolvê-los.
Eu recomendo este livro, pois, apesar de tanta matemática, tem uma ótima história e renderia um ótimo filme!

Lembrando que esta é a MINHA OPINIÃO! Deixe a sua nos comentários!
Espero que tenham gostado e até a próxima! Bjin





4 Comentários

  1. Oi Gus!
    Eu também não entendo porque tanta gente implica com esse livro, mas pode ser mesmo pela questão da matemática, como você disse (para mim não foi um problema). Eu adorei. Acho que é um dos livros mais engraçados que já li na vida.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu odeio matematica, n consigo gostar :( Mas eu também achei ele engraçado e divertido, eh uma oooootima leituta! :)

      Excluir
  2. Gus , como vc disse o livro tem seu lado positivo por ser muito bem escrito pelo John, mas tem seu lado negativo pela quantidade de informação Matemática que ele oferece( mesmo pra quem,como eu, gosta de Matemática). Mesmo assim , ainda é um dos melhores livros do Green . Bjs !

    Umparadoxoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anneeee! Bom, ele eh mesmo bem escrito mas a matemática deixa algumas partes maçantes. (E eu n gosto de matemática...) bjaum

      Excluir