TÍTULO: O Doador de Memórias
TÍTULO ORIGINAL: The Giver
AUTOR(A): Lois Lowry
EDITORA: Arqueiro
PÁGINAS: 190

SINOPSE:


Ganhadora de vários prêmios, Lois Lowry contrói um mundo aparentemente ideal onde não existe dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não existe amor, desejo ou alegria genuína.Os habitantes da pequena comunidade, satisfeitos com suas vidas ordenadas, pacatas e estáveis, conhecem apenas o agora – o passado e todas as lembranças do antigo mundo foram apagados de suas mentes.Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis.Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz idéia de que seu mundo nunca mais será o mesmo.Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.Premiado com a Medalha John Newbery por sua significativa contribuição à literatura juvenil, este livro tem a rara virtude de contar uma história cheia de suspense, envolver os leitores no drama de seu personagem central e provocar profundas reflexões em pessoas de todas as idades.


"As memórias não são apenas sobre o passado, elas determinam o nosso futuro."


RESENHA:

Cidadãos, que livro bom! Bom? Bom não! Maravilhoso! Essa palavra define a leitura de O Doador de Memórias, que é emocionante, gostosa de ser lida, e dotada de uma inocência que é raro por aí. Eu tinha visto o filme e AMADO e quando descobri que tinha livro... surtei... comprei logo! E não me arrependi, pois a historia criada por Lois Lowry criou um enredo fantástico, uma ótima utopia, mas que podia ser mais trabalhada.
Os personagens são bem-construídos, e descritos com uma escrita que abala a todos. O livro é muito lindo. Posso chamá-lo de EMOCIONANTE.

Se eu amei tanto o livro, porque dei apenas 4 estrelas? Pois senti que Lois Lowry não trabalhou o bastante na hora de criar o mundo utópico em que os personagens vivem e, mesmo esse não sendo o foco da história, se o livro tivesse mais umas 150, 200 páginas, a autora pudesse ter se aprofundado na história das comunidades e em como aquele mundo foi criado. Mesmo isso não ocorrendo, o livro continua sendo ótimo.

A escrita e narrativa de Lowry é super fluida, gostosa e divertida, e você se perde nas palavras do livro e só volta a realidade quando acaba ele. Os capítulos são curtos, assim como o livro, que contém apenas 190 páginas. O Doador de Memórias é um livro super recomendado, que todos os leitores devem ler, principalmente aqueles que desejam ler algo leve e emocionante :D.


.


Um Comentário

  1. Oi! Primeira vez aqui no blog, só pra avisar huehue'
    Ano passado, na Bienal aqui da cidade, eu pretendia comprar este livro por conta de ter visto o trailer do filme e queria lê-lo antes de assistir. Só que acabei por me deparar com outro livro e deixei esse de lado. E a minha curiosidade com ele só aumenta com a sua resenha. Creio eu que não irei suportar e acabarei vendo o filme antes de conseguir o livro, huehue'

    beijos
    www.nerd-absoluta.blogspot.com

    ResponderExcluir